Perguntas e respostas sobre o Carnê Nacional dos Médicos

1. Quais vantagens tenho ao pagar o boleto do Carnê Nacional do Médico?

Você receberá o Jornal da Associação Médica Brasileira (Jamb) bimestralmente, que traz notícias atualizadas sobre as lutas e conquistas de nossa entidade, tanto na assistência ao SUS como na Saúde Suplementar. Você poderá receber também nossa revista científica. Além de nossas publicações, quando você nos dá o direito de representá-lo, você ainda recebe: caso trabalhe em consultório, a AMB e o CFM criaram a CBHPM, na qual constam os procedimentos médicos mais atuais para o paciente. É esta relação que servirá como referência para a TUSS. No caso de ser concursado pelo SUS, nossa pauta com o ministro da Saúde inclui a falta de perspectivas para o médico, a qual pode ser modificada através da nossa proposta de um Plano de Cargos e Carreira, do piso salarial mínimo e da tabela SUS. Nosso trabalho compreende também as diretrizes clínicas (mais de 300 publicadas). Nelas estão listadas as melhores formas de diagnóstico e conduta. Essas diretrizes também serão distribuídas em forma de aulas, por meio do Programa de Educação Médica Continuada.

2. Não sou sócio e nunca havia recebido o boleto. Por que agora estou recebendo?

Porque estamos reestruturando nosso banco de dados.


3. O pagamento é obrigatório?

Não, o pagamento é optativo, pois se trata de uma contribuição associativa.


4. Como conseguiram meu endereço?

Veja a resposta da segunda pergunta.


5. O boleto chegou para uma pessoa já falecida. Como devo proceder?

Mande um e-mail (cobranca@amb.org.br) ou fax (11) 3178-6807 informando o nome e o Estado para podermos efetuar a exclusão da base de dados.


6. Se eu não pagar, haverá algum problema com o meu nome ou CPF? A dívida ficará em aberto junto ao banco?

Como o pagamento é optativo não causará problemas junto ao banco ou Serasa. O boleto não fica registrado no banco.


7. Perdi o vencimento, como faço para pagar?

Voce poderá entrar em contato com a secretaria da AMRN através do número (84) 3211-6698 ou via email (contato@amrn.org.br) para solicitar a 2ª via.


8. Sou jubilado e recebi o boleto. O que fazer?

Envie um email (contato@amrn.org.br) comprovando o jubilamento, e tomaremos as devidas providências.


9. Não desejo mais receber essa cobrança.O que fazer?

Envie um email (contato@amrn.org.br) informando o nome, CPF, e CRM e o não interesse em contribuir com em ser associado.